Los Roques – Venezuela

Los Roques é o paraíso na Terra, um lugar incrível com belíssimas ilhas e paisagens! É o Caribe desconhecido que aos poucos está sendo descoberto pelos brasileiros por sua proximidade!

Los Roques é um arquipélago com mais de 40 ilhas localizado na Venezuela, 35 minutos de Caracas! O mar pintado de azul claro e as areias brancas cintilantes dão a cor ao espetáculo que é Los Roques. É um lugar apaixonante, romântico e tranquilo para passar lindos dias de sol e muito calor, sua localização garante isso o ano inteiro!


Como chegarTanto a TAM quanto a GOL fazem voos para Caracas, Venezuela, e esse é primeiro passo da viagem e depois é comprar uma passagem de Teco-Teco, isso mesmo, são pequenas aeronaves que chegam ao local que cabe no máximo 50 pessoas a maior aeronave e 12 pessoas a menor. E as empresas que fazem esse voo Caracas – Los Roques são: Aereotuy e a Chapi Air, esses voos custam em média 200 dólares(ida e volta) e pode ser comprado pela própria pousada e explicarei  a seguir.

Importante é trocar o dólar por bolivar (moeda local), não faça a troca no cambio legal, só faça no cambio negro, parece mentira, mas o dólar no cambio negro vale o dobro! Mas cuidado, não entregue os dólares antes de ter todo os bolivares em mãos, pois você pode ser enganado e trocarem a sua nota de dólar por uma falsa! Mas comigo foi tranquilo, fui abordada por um senhor que me perguntou se queria vender dólar e perguntei a cotação dele e esperei ele me dar os bolivares antes de entregá-lo os dólares e me retirei, só troquei 100 dólares quando cheguei no aeroporto de Caracas para pagar a taxa obrigatória de entrada na ilha (taxa de preservação Ambiental) e o resto troque nas lojas de Los Roques ou na Pousada com toda a segurança. Muitas vezes não será necessário fazer a troca por bolivares já que a pousada cobra em dólar, so será necessário o câmbio se for comprar algo nas lojas, mercados, alugueis de equipamento de snorkel e comer fora da pousada. Nada na ilha funciona com cartão por isso é necessário levar dinheiro.

Passado isso é aproveitar a viagem, fiz tudo por conta própria sem agência, o voo de Caracas para Los Roques foi a própria pousada que comprou e me mandou o voucher e paguei via paypall.

Hospedagem: Fiquei numa pousada excelente, Los Roques não é um turismo de luxo, mas algumas pousadas são muito confortáveis com ar condicionado nos quartos, e um estilo rústico muito bonito e bem decorado! A pousada que me hospedei foi a Posada Piano y Papaya, todo meu contato foi via email, info@losroques.com, falar com Alejandro. Linda pousada, pessoas super atenciosas e ótima comida! Mas caso for viajar na alta temporada, férias, final do ano, carnaval, sugiro reservar com muita antecedência pois todas as pousadas são pequenas, não existe hotéis, e as pousadas tem poucos quartos.

Depois de tudo reservado e pronto para a viagem é curtir o Gran Roque, a maior ilha e onde estão as pousadas e aeroporto. E a emoção já começa no voo de teco-teco de pouco mais de 30 minutos, mas o que realmente compensa é a paisagem que você vê da janela, é incrível como o arquipélago foi desenhado e os tons de azul que vai mudando do mais claro para o mais escuro, uma pintura!

Depois dessa visão privilegiada é aterrissagem no aeroporto, um pequeno espaço que o avião desce quase tocando as águas e chega praticamente em frente a praia, pronto bem vindo ao Gran Roque! As malas são colocadas no chão, cada um pega a sua e se encaminham para o pagamento da taxa de proteção ambiental, após isso um senhor estará esperando você a pedido da pousada e te leva caminhando até a pousada, incrível, sair do aeroporto e ir caminhando é algo irreal, mas é assim mesmo, não tem meio de transporte na ilha, raras bicicletas talvez!

Então economize nas roupas, apenas chinelo, roupas leves, biquíni, sunga, boné, chapéu, muito protetor solar, equipamento de mergulho se tiver e o mais importante repelente, infelizmente nem tudo é perfeito, muitos mosquitos chamados de puri puri em todas as ilhas com vegetação, então o repelente é item fundamental para essa viagem! Esqueça sapatos, salto alto, tudo é pé na areia e não precisa de nada disso, uma pequena mala com no máximo 10 quilos é mais que suficiente para passar os dias em Los Roques!

O que se come muito na ilha é peixe, e pescado no dia, tudo bem fresco, e se viajar entre os meses de novembro a fevereiro vai poder se deliciar com lagostas, caso não coma peixe existe dois restaurantes que servem de tudo, massa, carne, lanches.

Ilhas e passeios: é a melhor e a mais bela parte de tudo, escolher que ilha ficar e passar o dia tomando sol, mergulhando nas águas cristalinas e admirando as paisagens. Tudo pode ser feito pela pousada, escolha o passeio o barqueiro passa na pousada para te buscar e marca uma hora no meio da tarde para te pegar, geralmente as saídas são por volta das 10h e o retorno às 16h, se leva um caixa térmica com frutas, lanches, bebidas preparada pela própria pousada para passar o dia, pois apenas 2 ilhas tem restaurante. E assim você  fica o dia todo em uma das ilhas desfrutando o lindo cenário. E as principais ilhas são:

Madrisquí e Francisquí: São as duas ilhas mais próximas de Gran Roque, a 15 minutos de barco. A última com restaurante e serve ótimas refeições, com destaque para o pargo frito e a lagosta nos meses entre novembro a fevereiro.

Crasquí: Conta com alguns restaurantes e pousadas para camping, tudo bastante simples. Ótima para fazer snorkel e ver estrelas do mar, apenas meia hora de barco.

Noronquí: Esse é o passeio para ver as tartarugas. Fica há meia hora de Gran Roque.

Dos Mosquices: onde fica a Fundação Científica de Los Roques, local de estudos de biologia e arqueologia, com destaque para o tanque das tartarugas.

Cayo Muerto: aqui é apenas um banco de areia no meio do mar e dependendo da maré só terá espaço para pouquíssimas pessoas, mas vale a experiência de se sentir no meio do mar!

Sebastopol: fica a uma hora de Gran Roque mas vale a viagem, lugar lindo para mergulho de snorkel com variedades de peixes, estrela do mar!

Essas são uma das opções de passeios que valem muito a pena fazer, depois é espera o jantar que recomendo fazer na pousada, pois é muito bem preparado com entrada, prato principal e sobremesa e se pode fazer reservas em outras pousadas para experimentar o toque de cada chefe.

A noite não há muito para fazer, mas na alta temporada o restaurante da ilha que fica frente ao mar faz um tipo lual com sofás, cadeiras, puffs na areia e com um DJ tocando músicas internacionais e locais e com malabarismo com fogo.

Esse lugar é espetacularmente incrível e as fotos demonstra e comprova toda a beleza de um lugar tranquilo, sem carros, sem preocupações e com a natureza ao redor.

  

Anúncios
Categorias: Los Roques | Tags: , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: