O mundo e minhas aventuras

Os amantes dos esportes radicais sempre estão procurando um lugar incrível e seguro para fazer as maiores loucuras pelo mundo. Eu como uma amante de viagens e esportes radicais vou contar um pouco das minhas aventuras por várias cidades que fui a passeio e aproveitei para radicalizar!
Tem uma frase que sempre falo para as pessoas que me chamam de louca por ter coragem de fazer esses esportes radicais e digo: “Eu pago para tentar morrer e enquanto não conseguir vou continuar tentando”, mas brincadeira a parte o maior desafio não é o esporte radical e sim a idoneidade das empresas que vendem a modalidade, então antes de se jogar da ponte é fundamental pesquisar e ter as informações de segurança e quanto tempo a empresa está no mercado vendendo a aventura.

Bungy jump ou bungee jump em Queenstown, Nova Zelândia

A cidade de Queenstown fica na Ilha Sul da Nova Zelândia e além do bungy jump há uma quantidade enorme de outros esportes radicas que se pratica na cidade como canyoning, rafting. A cidade respira esportes radicais e vive desse turismo, por isso aconselho a se aventurar em Queenstown onde o esporte é tratado com algo muito sério principalmente o bungy jump que na minha opinão é um dos esportes mais arriscados e o mais perigoso que pratiquei.
Se tiver coragem compre o pacote que contempla 3 saltos de bungy jump, que são de tamanhos, vistas e lugares diferentes e foi essa a minha opção. Se quiser conhecer mais sobre o país tenho um post detalhado aqui no link: Nova Zelândia.
O primeiro foi o The Nevis o mais alto da cidade com 134 metros e fica entre duas montanhas, foi gravado um vídeo do meu salto e pode ser visto nesse link: NEVISO segundo salto foi o  The Ledge com 47 metros que fica no centro da cidade e para fazer o salto se sobe com uma gôndola e diferentemente dos outros você fica preso pela cintura e não pelas pernas. O terceiro e o mais procurado é o The Kawarau com 43 metros e fica em cima de uma ponte e tem a opção de você tocar na água.

bungy jump ponte Bungy Jump

Voo de balão na Capadócia, Turquia

A Capadócia é uma cidade deslumbrante, a Turquia é um país fascinante que amei conhecer e uma das maravilhas desse país é o voo de balão que fica numa cidade composta por formações rochosas que parecem esculpidas a mão e cidades subterrâneas. O voo é tranquilo, eu até acho que nem é um esporte radical, mas muita gente tem medo de altura e acaba não fazendo que é um desperdício, pois o visual lá em cima é divino e os voos ocorrem bem de manhã quase ao nascer do sol que é outo espetáculo a ser visto.

 voo de balão Voo de balão

Rafting em Juneau, Alaska

O rafting em Queenstown é muito mais radical que em Juneau, mas resolvi escrever sobre a capital do Alaska, pois ninguém imagina ir para lá que dirá fazer rafting. O diferencial de fazer em Juneau é a linda paisagem do glacial, as águas são calmas, geladas e com uma névoa a frente que te faz desaparecer frente aos outros botes.  Tenho um post dos detalhes da minha viagem aqui: Alaska

 rafting Alaska rafting Alaska

Esquiar em Flachau, Áustria

O esqui é um esporte bastante perigoso, pois qualquer queda pode passar de um simples arranhão ou até ser fatal, então além de dominar o esporte é muito importante estar com todos equipamentos de segurança, capacete, luvas, roupas apropriadas para neve. A cidade de Flachau fica a 70 km de Salzburgo e o turismo no inverno é voltado praticamente para o esqui e snowboard, com uma grande estrutura de aluguéis de equipamentos, aulas para iniciantes, foi o meu caso, transporte dos hotéis para o pé da montanha.

 Flachau Flachau

Salto de Paraquedas em Boituva, Brasil

É na minha opinião o esporte radical mais incrível e com sensação de liberdade que tive. Essa experiência eu recomendo fazer pelo menos uma vez na vida, pois não conheci ninguém até hoje que tenha se arrependido de fazer, muito pelo contrário, todos que saltam querem fazer outra vez. A cidade de Boituva localizada no interior do Estado de São Paulo é muito conhecida pela prática desse esporte e tenho todos os detalhes do meu salto nesse link e indico a empresa que fiz o meu salto: Paraquedas.

Quem quiser ver o vídeo completo do meu salto está aqui: Video

paraquedas paraquedas

Asa Delta no Rio de Janeiro, Brasil

A paisagem do Rio de Janeiro deixa esse voo de asa delta ainda mais lindo, dura aproximadamente 7 a 15 minutos dependendo do vento, a escolha do instrutor e da empresa que realiza o voo é muito importante já que a prática desse voo como um esporte radical não é permitido e sim como aluno inscrito num curso de asa delta. Fiz um post com detalhes do meu voo na Pedra Bonita e indiquei a empresa que fez o meu voo: Asa Delta

asa delta Rio asa delta

Rapel no Abismo de Anhumas em Bonito, Brasil

A cidade de Bonito no Estado do Mato Grosso do Sul é muito conhecida pelo ecoturismo com caminhadas em trilhas, passeio por cachoeiras, flutuação, mergulho e rapel. O Abismo de Anhumas é uma caverna de 72 metros de altura com um buraco para fazer a descida, a paisagem é maravilhosa lá dentro com rochas, lago, estalactites e estalagmites. Para fazer esse rapel tem um treinamento um dia antes para saber se está apto fisicamente, pois não é só de descida é esse rapel, pois como se trata de uma caverna o único meio de sair de lá é pelo mesmo que entrou, então terá que subir os 72 metros com o equipamento de rapel e estar bem preparado para suportar o próprio peso na subida. A paisagem lá embaixo é gratificante e além de descer e ver a gruta, caverna se faz uma flutuação no lago cristalino com uma roupa própria que é entregue lá embaixo e se vê lindas formações calcárias, depois de tudo isso só resta subir o Abismo e contemplar a natureza.

abismo de anhumas Rapel Anhumas

Wakeboard em Jaguariúna, Brasil

O wakeboard é um esporte que pode ser praticado em vários lugares e de diversas formas, se quiser aprender recomendo ir para Jaguariúna no Naga Cable Park que tem pistas separadas para profissionais e amadores e se pratica com a prancha de wakeboard e é puxado por um cabo, além de ser um esporte na água é muito agradável nos dias de verão, mas requer uma habilidade para se manter de pé. Outro meio de se praticar o wakeboard é com uma lancha puxando, assim é o mais profissional, mas precisa já ter uma experiência já que o impulso da lancha é maior e essa prática pode ser feita em alguns resorts, fiz no Broa Golf Resort.

wakeboard com lancha wakeboard com lancha

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: