Jerusalém

Por onde começar a escrever sobre  Jerusalém, um poço de emoção e comoção numa cidade milenar e berço da civilização. Jerusalém é uma das cidades mais antigas do mundo e é a cidade santa dos judeus, cristãos e muçulmanos.

A maior preocupação de turistas que chegam a essa região é a segurança, e por incrível que parece essa cidade é muito segura, ninguém se atreve fazer absolutamente nada em Jerusalém por toda a história religiosa que ela carrega e é motivo de peregrinação das 3 maiores religiões monoteísta. É muito comum ver soldados armados a cada poucos metros para assegurar toda a segurança do local.

Vista de Jerusalém

Infelizmente a grande maioria das pessoas são influenciadas pelo que a tv e a mídia vende, e é sempre guerra e desgraça, mas  não afeta a cidade de Jerusalém que está longe dos conflitos. E os conflitos do país são pontuais e distantes das regiões turísticas, assim a cidade de Jerusalém pode ser visitada em qualquer época do ano com tranquilidade. Morei 3 anos e visitei o país várias vezes em vários momentos diferentes sendo críticos ou não e nunca tive nenhum problema, os turistas podem ir e vir sem problema nenhum.

Para se chegar em Jerusalém o único caminho e pela cidade de Tel Aviv, onde opera um dos aeroportos mais seguros do mundo. Hoje várias companhias aéreas fazem voos até Tel Aviv, mas não há voos diretos, todas as possibilidades são com conexão pela Europa ou Turquia, algumas empresas que fazem voos são: Turkish Airlines, Iberia, Swiss, Lufthansa entre outras.

Jerusalém fica a 60 km de Tel Aviv, recomendo ficar hospedado em Tel Aviv que é uma cidade beira mar e com várias opções de hotéis, bares, restaurantes e vida noturna, mas darei mais informações sobre Tel Aviv em outro post. Como minha família é Palestina eu nunca fiquei em hotéis e não precisei de transporte para os pontos turístico e por isso não posso recomendar nenhum, sugiro que faça uma busca no site Booking.com e faça os passeios com alguma agência local que o próprio hotel pode recomendar, pois a cidade de Jerusalém é um verdadeiro labirinto e vale uma visita guiada com toda a história que a cidade pode proporcionar!

Uma outra maneira de conhecer Jerusalém é fazer o Free Walking tour, que é uma passeio guiado pelos principais pontos históricos. É só chegar na hora e local marcado e fazer esse passeio e no final dar uma gratificação ao guia.

E por falar em passeio vamos conhecer essa linda cidade com todos os seus milhares de anos e a muralha que cerca Jerusalém com seus vários portões de acesso a Jerusalém Antiga.

Portão de Damasco

Cúpula da Rocha ou Domo da Rocha: é a mesquita mais linda que já vi  com sua cúpula de ouro que pode ser vista a quilómetros de distância e uma das grandes obras de Jerusalém, uma das mesquitas mais sagrados do Islã e uma das grandes obras da arquitetura islâmica. A mesquita faz parte do centro histórico de Jerusalém, declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1981. Uma informação muito importante é que para entrar nas mesquistas, homens e mulheres devem estar com roupas adequadas, os homens não podem usar bermudas e regatas e as mulheres devem estar com roupas de manga cumprida, calça ou saia longa e lenço na cabeça.

 Cúpula da Rocha ou Domo da Rocha Cúpula da Rocha ou Domo da Rocha

Mesquita de Al-Aqsa: é a  terceira mesquita sagrada para o Islã, depois de Meca e Medina, ambas na Arábia Saudita. É a maior mesquita de Jerusalém, tendo capacidade para receber cerca de cinco mil pessoas. Esta mesquita, bem como o Domo da Rocha, tornou-se um dos símbolos do movimento nacionalista palestiniano. Quando o estado de Israel conquistou Jerusalém Oriental em 1967 se manteve a administração da mesquita nas mãos dos muçulmanos.

 Mesquita de Al-AqsaPor dentro da  Mesquita de Al-Aqsa

Esplanada das Mesquitas:  é um lugar sagrado para muçulmanos e judeus. O local é o terceiro lugar mais sagrado do islamismo, referência a viagem até Jerusalém e a ascensão de Muhammad ao paraíso. O local é também associado a vários profetas judeus, sendo que os próprios muçulmanos consideram estes profetas judeus como muçulmanos. Lá localiza-se a Mesquita de Al-Aqsa e o Domo da Rocha, construídas ambas no século VII, uma das estruturas mais antigas do mundo muçulmano. É o lugar mais sagrado do judaísmo onde está localizado o Muro das Lamentações.

Esplanada das MesquitasEsplanada das Mesquitas

 Muro das Lamentações: é o local mais sagrado do judaísmo, muitos fieis judeus visitam o Muro das Lamentações para orar e depositar seus desejos por escrito.

Muro da Lamentações

Basílica do Santo Sepulcro é um local em Jerusalém onde a tradição cristã afirma que Jesus Cristo foi crucificado, sepultado e de onde ressuscitou no Domingo de Páscoa. Dentro da igreja, encontram-se lugares que os cristãos acreditam que foram onde Jesus foi crucificado e sepultado, segundo os relatos bíblicos. Entre as estruturas e lugares dentro da igreja encontram-se o Calvário, a Rocha do Calvário, a Capela de Adão e a sagrada Pedra da Unção.

A Basílica do Santo SepulcroPor dentro da A Basílica do Santo Sepulcro

Igreja de Todas as Nações:  é uma igreja católica localizada no Monte das Oliveiras, em Jerusalém, próxima ao jardim de Getsêmani. Foi construída em torno de solo rochoso onde se acredita que Jesus teria orado antes de sua prisão.

Igreja de Todas as NaçõesPor dentro da Igreja de Todas as Nações

Jerusalém é esse fascínio que junta história com arquiteturas deslumbrantes e um labirinto de emoção, e por falar em labirinto as ruas estreitas que levam a quase todos os pontos principais da cidade são cercadas de mini mercados com vendas de roupas, comidas, souvenir, tecidos e muitas coisas que lembram a maravilhas desse lugar.Loja de temperos

O mercado de JerusalémOs muros de Jerusalém

Anúncios
21 Comentários

21 opiniões sobre “Jerusalém

  1. Estarei visitando Jerusalém daqui alguns dias, peço orientação para quem nada conhece na região.
    Att
    Wilson

  2. Wilson Junior

    Tenho muito interesse em conhecer Jerusalém, mais tenho 2 duvidas. Uma ou duas semanas é o suficiente ara conhecer os pontos históricos? Só falo português seria difícil para conhecer?

    • Uma semana é suficiente para você conhecer as principais cidades da região. Se você só fala português é melhor contratar uma agência, ir em grupo com guia ou com quem fale inglês, se for sozinho vai passar muito aperto sem falar inglês.

  3. Roberto santos

    Gostaria de conhecer mais esta história.

  4. Terezinha M. C. Rosa

    Ir a Jerusalém é a realização de vivenciar em loco a fé que todo o bom cristão e todo cidadão do mundo deseja realizar. E eu realizei este sonho.

  5. Terezinha M. C. Rosa

    Estou muito feliz por haver visto pessoalmente o trajeto de Cristo e aumentado minha fé.

  6. Bom dia, gostaria de saber se esses passeios que vc mencionou são gratuitos, estarei viajando hoje para Jerusalem. Obrigada Magda

  7. Marise de Oliveira

    boa tarde, gostaria de saber quais são as principais cidades da região, como também sobre alguns passeios mais importantes. Estarei indo para Tel Aviv em 25/10. Obrigada, Marise.

  8. otto

    Boa noite. Parabéns pelo seu site…estive em Jerusalém uma vez e conheci tudo que mostrou aqui…foi a melhor viagem que fiz na minha vida..já estive em vários lugares mas ali foi especial. Além de muito conhecimento adquirido a emoção toma conta da gente…espero um dia voltar e vivenciar tudo de novo..um abraço..Otto

    • Que maravilha, fico feliz de poder ajudar e acho Jerusalém a cidade com melhor energia no mundo! Espero que consiga voltar, pois realmente vale a pena!!! 🙂

  9. Cinara

    Tenho 50 anos. Tenho vontade de morar alguns meses em Jerusalem. Sou professora de Ingles e Musica. E seguro?

    • Oi Cinara, parte da minha família mora nessa região, eu não sei como funciona para morar lá já que a cidade de Jerusalém é protegida e ocupada pelos judeus, mas é segura sim! Boa sorte! 🙂

  10. Ronnievon Ramalho de Souza

    Estou feliz por conhecer um pouco deste lugar através de vocês,ê deste santo lugar que hoje louvo e agradeço a deus, sei que minhas condição financeiras jamais vai me permiti ir até la mas já. Me sinto feliz pelos relatos apresentados. Obrigado

  11. Genilton durval amorim

    Muito lindo tenho a a esperanca de um dia conhecela

  12. denise streitmater

    oi eu sou negra, teria algum problema de discriminacao em israel?obrigada Denise
    digo para poder entrar nos pontos turisticos de jerusalem

  13. cybele

    Bom dia amalzuhd,
    estarei em jerusalem em outubro, este passeio a pé é facil de achar ?( fiz isto é sevilha e adorei) tem em espanhol ou só em ingles? ocupa o dia inteiro ou só uma parte, o passeio inclui o cenaculo e monte das oliveiras? grata cybele

    • Olá, no site do free walking tour tem todas as informações de ponto de encontro e a língua falada e quais locais passam o tour, tem outros tours pagos que contemplam outro lugares que muitas vezes demanda de algum meio de transporte para chegar e entrada nos locais e esses tours são cobrados também pelos guias, mas todas essas informações vc clica no link encima do nome Free Walking Tour no post de Jerusalém e te direcionará para a página oficial com todas as informações!! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: